A Itália tem fama de ser o Brasil da Europa e, talvez por isso, é um dos destinos mais procurados por brasileiros. Viver e trabalhar na Itália é realidade e sonho de muita gente. Com cultura riquíssima, belas paisagens, berço da cultura ocidental, imensa variedade de patrimônios históricos preservados, o País da Bota, como carinhosamente é conhecido, é, sem dúvida, um dos melhores destinos para estrangeiros que pretendem melhorar o currículo ou ainda fazer a vida por lá.

Seja de curto ou longo prazo, o fundamental é ter planejamento. Afinal, o cumprimento de exigências básicas – a maioria delas burocráticas – é o que te fará sair daqui para ir para lá.

Documentos necessários para viver na Itália

white high raise building
Veneza por Pixabay

A Itália exige um visto de todos os cidadãos estrangeiros que decidem morar lá. E cada tipo de visto exige uma documentação específica. Como este artigo trata sobre viver e trabalhar na Itália, trataremos, no próximo tópico, sobre os vistos de trabalho. Porém, para qualquer tipo de visto, os documentos que normalmente serão cobrados são:

  • Passaporte válido;
  • Fotografia 3×4 recente;
  • Documentos que comprovem o pedido do visto: se for trabalho, um contrato de trabalho válido (entre outros documentos). Se for de estudo, a matrícula na universidade italiana, por exemplo;
  • Comprovação financeira;
  • Comprovação de hospedagem idônea.

Visto italiano

Cumpridas as exigências documentais, é hora de solicitar o visto de trabalho.

Há três tipos de visto de trabalho na Itália: o visto de trabalho subordinado, o visto de trabalho autônomo e o visto “stagionale”Neste artigo você pode se informar sobre todos os outros tipos de visto italiano.

No mais, os vistos de trabalho italiano devem ser solicitados antes da viagem, ou seja, na Embaixada Italiana no Brasil, que fica em São Paulo.

Isso tudo se você não tem permissão para tirar cidadania italiana. Caso contrário, com a cidadania italiana em mãos (se solicitada na Itália, pode conseguir em até três meses), você pode trabalhar no país sem precisar de visto.

Média salarial na Itália

ancient architecture arena buildings
Roma por Pixabay

 

Os valores de salário na Itália variam de acordo com a profissão e, diferente do Brasil, não há uma determinação de salário mínimo. Porém, como praticamente qualquer outro lugar do mundo, se você tem uma formação superior, as chances de conseguir um bom emprego são maiores.

No mais, esta calculadora de salário italiano (site em italiano) pode te ajudar com mais precisão sobre quanto ganha cada profissional.

Profissões com maiores chances

O mercado de trabalho italiano é vasto e tudo vai depender da sua qualificação. Mas algumas áreas em específico configuram maior demanda. Dentre elas:

  • Esteticista
  • Mecânico
  • Padeiro
  • Cozinheiro
  • Marceneiro

De qualquer forma é sempre bom lembrar – apesar de óbvio – que, para qualquer profissão, mesmo as mais baixas, é imprescindível o domínio da língua italiana.

Gostou do artigo? Caso tenha alguma dúvida sobre como viver e trabalhar na Itália, deixe seu comentário e tentaremos responder o mais rápido possível!


Voltar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.